, , , TEST48602 google-site-verification: google1ce7ad085bc6e4d8.html 176241535166896 309362291580079 870225828159306
top of page

O Mistério da mente

A mente é um universo a ser explorado que sempre me atraiu como o Universo exterior.



Todas as pessoas devem ter essa atração, suponho. Realmente entender a mente e saber usá-la para viver uma vida mais gratificante é o que todos desejam.

Num primeiro momento , achei que não precisava fazer nada com ela, que só precisava ir vivendo e pronto. Mas percebi com o tempo que eu tinha reações às coisas que não entendia ou não gostava de sentir. Em outro tempo, não me satisfazia somente em sentir tudo isso, quis entender melhor como minha mente funcionava e até hoje a minha mente é um mistério.

Então a melhor maneira de conhecer este mistério é buscar por respostas, pesquisar e com uma lanterna se aventurar adentro sem medo. Lógico, a terapia também é uma das maneiras incríveis de percorrer este caminho. Recomendo.

Por isso resolvi selecionar alguns livros sobre o assunto. Espero que estas indicações ajudem as pessoas que estão a fim de se conhecer melhor e também como dica para presente de Natal.




Você passou por diversos livros até encontrar este aqui. Olhou a capa, o título chamou sua atenção, começou a ler a primeira frase e resolveu continuar. No entanto, pergunto: foi você quem decidiu cada um desses passos? Pode ser que você acredite que sim, mas a verdade é que tudo aconteceu tão rápido que suas ações já estavam decididas antes que você pudesse pensar sobre elas, tomadas por uma parte mais profunda de sua mente: o subconsciente, o responsável pelo que somos e fazemos. Por quais outros caminhos você está sendo levado por sua mente sem que ela o consulte? Em seu primeiro livro, Michael Arruda, presidente da OMNI Brasil, irá lhe mostrar como assumir o controle da sua mente e, consequentemente, da sua vida pessoal e profissional. Para isso, ele lhe apresentará o processo que o permite acessar seu subconsciente, identificar as causas de dores e insatisfações e solucioná-las de forma rápida e efetiva: a hipnoterapia.





Os mágicos tiram coelhos da cartola, serram pessoas ao meio e fazem moedas se materializarem. Para desvendar os mistérios desse mundo intrigante, os neurocientistas Stephen L. Macknik e Susana Martinez-Conde, fundadores da neurociência da mágica, mostram que os seres humanos têm uma estrutura de consciência e atenção facilmente penetrável. E é justamente a partir dessas propriedades intrínsecas da mente humana que os ilusionistas trabalham. "Truques da mente" é o resultado da pesquisa feita pelos autores, ao longo de vários anos, sobre o ilusionismo e o modo como os antigos princípios do mundo da mágica podem agora ser explicados pelas mais recentes descobertas da neurociência cognitiva. Mágicos revelam suas técnicas e os segredos por trás dos truques e, desta forma, ensinam muito sobre o funcionamento do nosso cérebro.




Quando desejamos alguma coisa, é comum ficarmos mais concentrados na ideia de que não a temos do que na vontade de tê-la. Embora essa seja uma atitude inconsciente, ela é a principal responsável pela dificuldade que temos em alcançar nossos objetivos.

Como os pensamentos deveriam ser a expressão de nossos desejos, toda essa negatividade acaba atraindo o oposto do que queremos.

Essa é a ideia principal de Peça e será atendido, que nos estimula a identificar nossos verdadeiros sonhos e a criar as condições para realizá-los. A fonte dessas revelações é Abraham, o guia espiritual que inspirou Esther e Jerry Hicks a compartilhar essas valiosas lições.





"A obra de Jung pode ser vista como um esforço de resgate e tradução. Na tentativa de compreender seu mundo interno, e o de seus pacientes, ele procurou resgatar o universo simbólico humano que habitualmente se encontra sob o poder das religiões, dos místicos ou das filosofias orientais. Jung foi um escritor prolífico."

Folha de S. Paulo

"Jung cumpriu uma trajetória em que, a partir dos cacos a que a psicanálise freudiana reduzira o sentimento religioso, pretendeu reconstruir um misticismo possível para o século XX."

Veja





Neste livro, a prestigiada historiadora e psicanalista Elisabeth Roudinesco apresenta e interpreta a história dos perversos no Ocidente através de suas figuras emblemáticas: de Barba Azul e os santos místicos na Idade Média, ao fenômeno do nazismo, dos pedófilos e terroristas nos dias de hoje.Mostra como a perversão, definida em cada época de um modo diverso, exibe o que não cessamos de dissimular: a parte obscura de nós mesmos, a negatividade presente em cada um. E ainda reflete sobre a sua erradicação. Eliminar a perversão não seria destruir a distinção entre bem e mal que fundamenta a civilização?





O volume 15 inclui textos de 1920 a 1923. Psicologia das massas e análise do Eu aborda o comportamento de grupos, partindo do fato de que as relações que moldam o indivíduo, desde a infância, são também fenômenos sociais. Assim, o irracionalismo dos movimentos políticos de massa - recorde-se que o fascismo e o comunismo estavam em ascensão na época - é explicado por conceitos psicanalíticos como libido e regressão. O ensaio “Sobre a psicogênese de um caso de homossexualidade feminina” traz formulações sobre a sexualidade feminina e a homossexualidade em geral. Ainda, dois textos sobre a telepatia são testemunho do interesse de Freud pelo tema. Por sua vez, “Uma neurose do século XVIII envolvendo o Demônio” analisa o peculiar documento deixado por um pintor alemão, a história do pacto que ele fez com o Diabo a fim de livrar-se de sua neurose.





Segundo a analista, a exemplo das florestas virgens e dos animais silvestres, os instintos foram devastados e os ciclos naturais femininos transformados à força em ritmos artificiais para agradar aos outros. Mas sua energia vital, segundo ela, pode ser restaurada por escavações psíquico-arqueológicas' nas ruínas do mundo subterrâneo. Até o ponto em que, emergindo das grossas camadas de condicionamento cultural, apareça a corajosa loba que vive em cada mulher. Clássico dos estudos sobre o sagrado feminino e o feminismo, o livro é o primeiro de uma série de longsellers da Rocco a ganhar edição com novo projeto gráfico e capa dura. '


Julia Barany




Sobrevivente, este livro é para você. Você não sabe exatamente o que aconteceu, mas há uma indignação avassaladora e ao mesmo tempo uma prostração que lhe tira a vontade de viver. Você precisa urgentemente que lhe joguem uma corda para sair do fundo desse poço; que o ajudem a atravessar o inferno. Quando você entender quem é o abusador e como age, e o que ele faz com suas vítimas, você terá elementos para traçar uma rota de saída. Aprenderá como lidar com essa situação cruel e devastadora. E então, você construirá uma nova vida que hoje nem consegue imaginar.


Com mais de 3 milhões de exemplares vendidos, A coragem de não agradar conta uma história capaz de iluminar nosso poder interior e nos permitir ser quem somos.

Inspirado nas ideias de Alfred Adler – um dos expoentes da psicologia ao lado de Sigmund Freud e Carl Jung –, o livro apresenta o debate transformador entre um jovem e um filósofo.

Ao longo de cinco noites, eles discutem temas como autoestima, raiva, autoaceitação e complexo de inferioridade. Aos poucos, fica claro que libertar-se das expectativas alheias e das dúvidas que nos paralisam e encontrar a coragem para mudar está ao alcance de todos.

Assim como nos diálogos de Platão, em que o conhecimento vai sendo construído através do debate, o filósofo oferece ao rapaz as ferramentas necessárias para que ele se torne capaz de se ­reinventar e de dizer não às limitações impostas por si mesmo e pelos outros.





BEST-SELLER DO NEW YORK TIMES



Pequenas Mudanças, Resultados Impressionantes.


Não importa quais sejam seus objetivos, Hábitos Atômicos oferece um método eficaz para você se aprimorar — todos os dias. James Clear, um dos mais expoentes especialistas na criação de hábitos, revela as estratégicas práticas que o ensinarão, exatamente, como criar bons hábitos, abandonar os maus e fazer pequenas mudanças de comportamento que levam a resultados impressionantes.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page