, , , 1097076174234150 574096797044765
 

O Estranho Enigma de Plotino

Atualizado: 5 de jan. de 2021

Muitos dos escritos de Plotino sofrem uma falta de compreensão devido ao seu alto significado oculto e sua lógica superior.




Durante cinco séculos após a morte de Aristóteles em 322 a. C. , o mundo antigo não fez nascer grandes filósofos.

O poderio e a grandeza do Império Romano haviam chegado ao zênite, e começavam a decair. Os Deuses Clássicos estavam começando a ser depostos ante a luz da nova religião - o cristianismo. Então, no século terceiro, toda a glória da antiga Grécia dos dias do grande Platão retornou no gênio de um homem humilde chamado Plotino. Embora alguns pensadores mundiais desde aquela época não tenham concordado com as idéias de Plotino (e muitos não as compreenderam), todos lhe renderam os mais altos louvores.


Plotino tem sido considerado um dos maiores filósofos místicos do mundo e o maior pensador entre Aristóteles e Descartes. Tem-se também que ele sobrepujou , em profundidade de pensamento espiritual , Platão , o homem cujos ensinamentos ele tanto admirou. Ele acrescentou o fogo da inspiração ao neoplatonismo, a última escola da Filosofia grega, e o seu nome frequentemente é citado como o fundador dessa escola, ao invés do de Ammonius Saccas. Depois de sua morte , seus escritos exerceram incalculável influência sobre o cristianismo, até a Idade Média.


Plotino nasceu em Licópolis, Egito, em 204 ou 205 A. D. Como seu nome é romano , acredita-se que seus pais fossem descendentes de romanos. Isto , porém , é mera conjectura visto que Plotino jamais falou de seus pais ou de sua vida pessoal. Uma vez que se sabe, através de seus escritos, que ele acreditava na reencarnação , certo escritor é da opinião de que a reticência de Plotino em falar de sua vida particular indicava sua tristeza e mesmo vergonha pela necessidade de ter renascido.


Naturalmente , seria impossível expor a essência da filosofia de Plotino. Ele foi muito além do intelectualismo das antigas escolas gregas, alcançando um vibrante êxtase místico , que ele afirmava ser o único modo de atingir a compreensão e união com Deus, por ele chamado de o Uno, ou bem.


Porfírio nos conta que esse estado de união com o Uno aconteceu a Plotino em quatro ocasiões e durante o período em que ele ensinava na escola de Roma. Outra fonte afirma que Plotino tivera três destas experiências antes de Porfírio se tornar seu discípulo .


Um dos princípios de sua filosofia é o de que a pessoa que vê " é o próprio objeto que é visto" . O grande orador místico alemão da Ordem Dominicana, Meister Eckhart, disse a mesma coisa em suas próprias palavras : " O cognoscente e o Cognoscível são unos".

Contam que em sua juventude ele buscou o conhecimento na grande cidade egípcia de Alexandria , centro da cultura mundial, que excedia mesmo a glória de Atenas. Em Alexandria havia sinagogas judaicas bem como templos para a adoração dos deuses egípcios. As escolas gregas de teorias idealistas disputavam com os representantes do cristianismo os muitos discípulos. Foi ali, em Alexandria, que Plotino, então com vinte e oito anos de idade , encontrou um professor das ideias de Platão, cujo nome era Ammonius Saccas.


Saccas, que era conhecido como " o instruído por Deus " , foi também o mestre de Orígenes, considerado um dos maiores eruditos do mundo. Saccas não deixou escritos. Ele deve ter tido Contato com a religião hindu.


Foi provavelmente uma introdução aos ensinamentos do Buda, ministrada por Saccas, que fez com que Plotino decidisse aprender mais sobre as religiões hindu e persa. Após dez anos de estudos, com seu brilhante professor, ele deixou Alexandria e juntou-se ao imperador Gordiano III numa expedição ao Oriente, no ano de 244 d. C. Isto logo provou-se desastroso, pois o imperador foi assassinado e Plotino forçado a fugir para a cidade de Antióquia . Mais tarde, nesse mesmo ano, foi para Roma, onde viveu até o fim de sua vida.


Foi em Roma , com a idade de quarenta anos, que Plotino fundou uma escola em que ensinava um sistema místico - filosófico baseado nas ideias de Platão e Aristóteles, bem como em suas próprias experiências de revelações místicas, que ele tivera enquanto num estado de supraconsciência.


Durante anos ele ensinou oralmente como o antigo costume dos sacerdotes das escolas de mistérios , como também o do seu professor Saccas, que só transmitiam o conhecimento secreto àqueles que provavam ser autênticos e confiáveis buscadores da verdade.


Porém, conforme se tornava conhecido, foi persuadido a colocar suas ideias por escrito. No ano de 263 A.D. , neste mesmo período, um estudante chamado Porfírio chegou da Grécia para estudar com ele. Foi Porfírio quem começou a tarefa de colocar seus escritos numa ordem sistemática. Ele dispôs cinquenta e quatro discursos de Plotino em seis grupos de nove cada, razão por que sua obra completa é conhecida como as Enéadas . Porfírio também acrescentou à coleção de discursos uma biografia resumida de Plotino.


O renomado filósofo russo Ouspensky explica as palavras de Plotino afirmando que ele queria dizer que a faculdade de ver é uma forma de consciência e a ela está relacionada. Ouspensky menciona então as divisões de consciência segundo os hindus, como o sono, o sonho, o despertar e "turiya" ou Samadi. Esta última condição Plotino chama de o tipo de êxtase mais elevado que o ser humano pode alcançar.


Suas ideias místicas foram absorvidas no mundo ocidental cristianizado por dois homens em particular : Santo Agostinho e Dionísio, no quarto século. Em seu livro A cidade de Deus, Agostinho claramente revela a poderosa influência que Plotino teve sobre seu pensamento ao usar repetidamente as ideias daquele para descrever os aspectos espirituais do Ser divino.


Na opinião de certo biógrafo , o testemunho pessoal de Plotino com relação à verdade de suas revelações místicas e a beleza do mundo do espírito , naturalmente , não mais era acessível após sua morte, e "seu mundo ideal não mais era alcançável por outros ", mas se tornara algo visionário e irreal.

Outro autor afirma que , pelo "intermédio espiritual " de S. Agostinho , as ideias de Plotino subsistiram no cristianismo até a data atual.


Fonte: Revista O Rosacruz , A.M.O.R.C.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo